sábado, 17 de dezembro de 2011

Na igreja


Lúcio, que enfartara tempos atrás, um dia estava assistindo um culto numa igreja da Assembléia de Deus. De repente sentiu algo sufocar dentro dele, que o incomodou, poderia estar passando mal, poderia ser uma mágoa lhe corroendo o íntimo, o fato é que lhe deu uma vontade muito grande de gritar.

E gritou. A assembléia se virou, ele fez cara de estátua. Nada entenderam. Uns riram. Outros pensaram: é doido.

8 comentários:

Mauro Campos disse...

Alguma coisa (angústia, mágoa, aborrecimento com alguém) estava presa dentro dele.
Essa coisa o sufocava.
Poderia enfartar novamente.
Poderia sair correndo.
Mas gritar era fácil, porém mais vergonhoso.
Correr também causaria estranheza.
Optou por gritar, achou mais fácil.
Segundo a medicina, se algo emocional lhe sufoca por dentro, é melhor pô-la pra fora, expulsar o que está te perturbando. Como não havia palavras para isso ou com quem falar, o melhor foi gritar.

Murilunk disse...

Hahahahaha! Gostei dessa micro narrativa. Aliás, do seu blog como um todo.
Com relação ao seu post no meu espaço, sim, recentemente adquiri um box com cinco livros do Chandler. Era um deseja antigo., já que pesquiso literatura policial na faculdade, mas com o autor Rubem Fonseca. Odisseia é o próximo da lista. Achei bem interessante essa nova tradução.
Os clássicos ainda são as melhores opções.

Abraço.

Nanda disse...

Vai saber, né?rs - E que bom que o cartãolendário chegou. Você acertou. O tema principal este ano foi games. Yoshi, personagem dos games de Mario é um dino muito querido! E tem ainda Sonic, Rabbids, Just dance e outros jogos que conheci em 2011. Inté!

Nara disse...

Oi Carlos, tudo bem?
Aqui eles curtem de Lady Gaga a metal sem problemas, mas na maioria dos shows o povo não mexe nem o dedinho do pé, é todo mundo muito comportado e silencioso de um jeito que até constrange, hehehehee!!!Muito diferente para quem está acostumado com a emoção e paixão brasileira.
obrigada pela visita

Dama de Cinzas disse...

Surtou! rsrs

Uma vez fui numa dessas igrejas evangélicas e me deu vontade de gritar também. Porque todo mundo falava "Aleluia, aleluia" direto, sem parar um minuto, aquilo tava me atordoando.

Obrigada pela visita!

Beijocas

Patricia Pinto disse...

Muitas vezes a gente tem vontade de dar um berro mesmo e se contém... eu tento fazer isso cantando em casa, pra não enfartar!!
Obrigada pela visita, gostei daqui!!
Beijos!!!

Patricia Pinto disse...

Muitas vezes a gente tem vontade de dar um berro mesmo e se contém... eu tento fazer isso cantando em casa, pra não enfartar!!
Obrigada pela visita, gostei daqui!!
Beijos!!!

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? De vez em quando eu berro sozinho quando estou estressado kkkkkk... Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net